Construir uma comunidade engajada de assinantes é o caminho das pedras para quem quer viver do próprio conteúdo, no entanto, começar uma carreira do zero é sempre uma tarefa desafiadora. 

Na internet, o relacionamento com sua audiência é construído ao longo do tempo e é preciso paciência e persistência para começar a colher os primeiros frutos.

Pensando nisso, reunimos algumas dicas importantes sobre como vender mais na Privacy, para você que produz conteúdo em nossa plataforma. Confira nossas dicas para começar com o pé direito!

1. Use as redes sociais para gerar tráfego orgânico

Na internet, “tráfego” é o número de pessoas que visitam sua página, seja ela um site, um perfil no Instagram ou até mesmo a sua conta na Privacy. 

O tráfego de pessoas por uma página pode acontecer de forma gratuita ou paga, quando você investe nos famosos anúncios do Google. Assim, tráfego orgânico é todo o volume de pessoas que passa pela sua página sem que você precise gastar um centavo com anúncios.

Nossa primeira dica é que você use as redes sociais como uma ferramenta de geração de tráfego orgânico para sua conta na Privacy. 

Mas como isso funciona na prática? Vamos explicar a seguir.

Gerando tráfego para sua conta Privacy

Primeiro, é preciso escolher quais redes sociais são mais adequadas para o tipo de conteúdo que você gera. Cada canal na internet tem um perfil diferente, que pode favorecer ou não a sua divulgação.

Mais adiante, vamos falar um pouco sobre o perfil das principais redes sociais, para te ajudar a identificar a melhor opção para sua estratégia.

Uma das melhores maneiras de promover sua conta na Privacy usando as redes sociais é oferecer uma prévia gratuita do seu conteúdo, despertando o desejo e a curiosidade dos seus seguidores.

Você pode pensar nas redes sociais como uma vitrine do seu negócio. Elas são portas de entrada para que um visitante ou seguidor se transforme em um assinante do seu conteúdo.

Além disso, as redes sociais são ótimas ferramentas para ficar mais perto da sua audiência, compartilhar sua rotina e ajudar o público a te conhecer melhor.

Nesta etapa, você também pode explorar a estratégia de gatilhos mentais, que explicamos com mais detalhes em outro post aqui do blog. 

Instagram 

O Instagram é uma rede social com forte apelo visual, ou seja, seu foco é oferecer conteúdos que despertam os sentidos visuais das pessoas.

Dessa forma, todo negócio que se beneficia dos sentidos visuais pode apostar no Instagram para gerar tráfego orgânico. Não é à toa que os profissionais de moda e maquiagem fizeram tanto sucesso quando a rede social foi lançada.

No entanto, não são apenas esses nichos que podem se beneficiar do Instagram. Com todos os recursos oferecidos pela plataforma — como os stories, reels e IGTV — ela pode ser muito vantajosa para:

  • personal trainers
  • instrutores de Yoga
  • terapeutas espirituais e holísticos
  • nutricionistas
  • comediantes
  • modelos

A lista é extensa e não se limita a esses exemplos, mas é importante que sempre haja um apelo visual.

Um instrutor de Yoga pode chamar muito mais atenção para o seu perfil quando compartilha fotos com as posturas mais desafiadoras deste exercício.

No entanto, a rede social não se resume a fotos ou vídeos perfeitos. É muito importante gerar algum valor para os seus seguidores, mesmo quando compartilha conteúdo gratuito.

Voltando ao exemplo do instrutor de Yoga, é interessante que ele ofereça algumas dicas da prática para iniciantes, mostre detalhes da sua rotina e traga novidades sobre esse universo que seus seguidores ainda não conhecem.

Outra dica importante sobre o Instagram é que você use ao máximo os recursos que ele oferece, para aumentar as chances de ser visto na rede social. 

Facebook

O Facebook reúne pessoas de todas as idades, mas os adultos mais velhos — acima de 55 anos — estão entre o público que mais cresce, segundo dados da Revista Forbes.

Essa rede social é muito forte no compartilhamento, o que é muito útil para um conteúdo viralizar, além de permitir que você insira links com muito mais facilidade que o Instagram.

Por isso, é uma boa alternativa para compartilhar o link da sua página na Privacy, além dos conteúdos que você cria em outras redes sociais, como o YouTube ou até mesmo um blog.

Além disso, o Facebook ainda conta com um recurso único: os grupos ou comunidades. 

Você pode encontrar um grupo relacionado ao seu nicho e começar a compartilhar conteúdos com pessoas que estão realmente interessadas no que você tem a dizer.

YouTube

O YouTube ainda é a maior plataforma para compartilhamento de vídeos e você pode aliar essa rede social a sua estratégia para ganhar mais seguidores na Privacy.

Esse é o lugar ideal para compartilhar vídeos mais longos, por isso, sempre que abordar algum assunto de forma mais aprofundada, invista no YouTube.

Um nutricionista, por exemplo, pode fazer um vídeo mais longo e explicativo sobre as vantagens e desvantagens do jejum intermitente, além de convidar sua audiência a acompanhar conteúdos exclusivos em sua conta Privacy.

Outro ponto é não esquecer dos recursos que a rede social oferece, como compartilhar seus links na descrição do vídeo e estreitar o relacionamento com seus seguidores respondendo aos comentários.

Reddit

O Reddit é uma rede social bem menos conhecida no Brasil, mas que pode ser muito útil na divulgação do seu perfil na Privacy. 

Ela é focada em comunidades, que se reúnem para compartilhar experiências, histórias e participar de discussões.

Por isso, você pode procurar por uma comunidade que tenha tudo a ver com o seu nicho e compartilhar o seu perfil na Privacy. Além disso, esse tipo de interação pode te ajudar a entender melhor as preferências do seu público e criar conteúdos cada vez mais relevantes.

2. Mantenha seu perfil gratuito para atrair mais atenção

Uma vez que você se torna criador de conteúdo na Privacy, tem a opção de manter seu perfil aberto — para que qualquer pessoa possa te seguir — ou fechado, onde apenas os assinantes podem acessar.

Mesmo optando pelo perfil gratuito, o criador pode publicar conteúdos privados e o seguidor só tem acesso se pagar por ele.

Por isso, essa pode ser uma maneira muito interessante de chamar a atenção para o seu perfil, afinal, quem se interessou pelo seu conteúdo gratuito tem muito mais chances de pagar pelo  exclusivo.

Essa é uma estratégia conhecida como “freemium” e nós falamos sobre ela nesse artigo aqui.

3. Invista em uma boa produção e aumente a qualidade do seu trabalho

Você não precisa ter equipamentos profissionais para começar a vender seus conteúdos na Privacy, mas é importante investir em uma produção de qualidade ao longo do tempo.

Depois que a criação de conteúdo na internet se transformou em uma profissão, muitas pessoas passaram a usar equipamentos profissionais em sua produção e o público acabou ficando mais exigente.

Por isso, as pessoas podem ser menos pacientes com imagens e áudios de baixa qualidade, principalmente quando esse conteúdo não é gratuito.

4. Desenvolva um estilo e dê personalidade ao seu conteúdo

Oferecer um conteúdo de qualidade para seus seguidores é essencial, mas colocar personalidade e autenticidade nesse conteúdo é ainda mais importante. 

Com tantos influenciadores criando conteúdo, é preciso se diferenciar e a melhor maneira de fazer isso é respeitando a sua própria personalidade.

Para isso, conheça bem a si mesmo, saber quais são os seus valores e objetivos. Embora a estratégia seja importante para crescer na internet, seguir a intuição é uma forma de oferecer conteúdo autêntico, que vai fazer toda a diferença para seus seguidores.

5. Ofereça conteúdos ainda mais exclusivos para assinantes

Outra forma de aumentar seus ganhos dentro da plataforma é ir além das assinaturas e apresentar conteúdos ainda mais exclusivos para quem já é um assinante.

Uma boa forma de fazer isso é oferecer um conteúdo que possa ser personalizado de acordo com cada assinante. Dessa forma, ele sente que está acessando algo ainda mais exclusivo que a própria assinatura. 

Já imaginou produzir um vídeo respondendo diretamente a um assinante? Esse é um exemplo de conteúdo que gera essa sensação de exclusividade, no entanto, é importante que você conheça sua audiência para saber quais conteúdos funcionam melhor nesse caso. 

Essas são algumas dicas que podem te ajudar a ver o número de assinantes na Privacy crescer, no entanto, se os primeiros resultados demoram a aparecer é preciso ter paciência.

Criar e viver de conteúdo na internet é uma profissão e, assim como qualquer outra, também leva tempo para amadurecer e trazer resultados.

E você, já usa alguma dessas estratégias para atrair assinantes para sua conta na Privacy? Conta aqui nos comentários!