“Hater” é uma palavra de origem inglesa que significa “odiadores” ou “aqueles que odeiam”. O termo passou a ser usado para definir pessoas que fazem ataques na internet, como críticas e ofensas, que passam do ponto aceitável na maioria das vezes.

A internet é um mar cheio de oportunidades para quem quer trabalhar como criador de conteúdo, mas também para quem deseja se conectar com outras pessoas, aprender algo novo ou está apenas em busca de entretenimento.

No entanto, também existe o lado negativo e os haters são responsáveis por boa parte das situações desagradáveis da internet. 

A disseminação de ódio gratuito já se tornou uma rotina para quem está online e é um sinal de alerta para a autoestima e saúde mental das pessoas. A seguir, nós falamos mais sobre o assunto e explicamos o que você pode fazer para lidar com a situação da melhor forma.



O que é um hater?


“Hater” é uma palavra de origem inglesa que significa “odiadores” ou “aqueles que odeiam”. O termo passou a ser usado para definir pessoas que fazem ataques na internet, como críticas e ofensas, que passam do ponto aceitável na maioria das vezes. 

A situação é diferente de uma crítica construtiva, que procura apontar os erros de uma pessoa para encorajá-la a melhorar. O objetivo do hater é apenas expor quem está do outro lado da tela, para aumentar a própria autoestima, ter a sensação de prazer ou até mesmo chamar a atenção.

Tudo isso fica ainda mais intenso com a possibilidade de criar perfis fakes e manter o anonimato. O hater não precisa se expor e pode se esconder atrás de uma tela, o que termina em ataques cada vez mais agressivos. 



Como lidar com eles?


Lidar com esse tipo de situação pode ser bastante desafiador, principalmente para quem começou a criar conteúdo há pouco tempo na internet. Embora seja difícil controlar o ataque dos haters, existem maneiras certas de lidar com a eles, sem afetar a sua motivação e autoestima. 

A seguir, nós reunimos algumas dicas para te ajudar, veja só!



Não leve para o lado pessoal


Sim, é difícil, mas o ataque dos haters não é uma questão pessoal na maior parte das vezes. O desejo de atacar pode ser direcionado a qualquer pessoa e nasce de uma necessidade pessoal do hater, que geralmente está ligada a uma questão interna mal resolvida. 

Por isso, os haters projetam suas questões emocionais nas outras e muitas vezes não têm consciência sobre essas questões. Ou seja, não é sobre você, é sobre eles mesmos.



Controle as emoções


Outra tarefa desafiadora, mas essencial, é controlar as emoções e evitar discussões. Não desça no mesmo nível dos ataques e, se decidir responder, faço isso de forma tranquila. Uma resposta acalorada muitas vezes é tudo que o hater espera para continuar o ciclo de ataques.

Outro ponto importante é evitar expor esse tipo de perfil, como muitas celebridades costumam fazer. Embora isso possa funcionar em alguns casos, o oposto também pode acontecer e servir de combustível para que os ataques continuem.


Não responda a todos

Quando os ataques acontecem em grande número — o que é bem comum para quem já tem uma audiência maior na internet — resista ao impulso de responder todo mundo. Prefira dar mais relevância aos fãs e as críticas construtivas, um detalhe que pode passar despercebido se você é iniciante.

Dar mais atenção para as críticas alimenta a negatividade e desestimula seus verdadeiros fãs a elogiar o seu trabalho.

Se receber uma ameaça, denuncie

A internet proporciona o anonimato, mas lembre-se de que existe um limite. Por isso, diante de uma discriminação, ameaça ou de uma perseguição abusiva, procure uma delegacia e abra um boletim de ocorrências. Inclusive, existem delegacias especializadas em crimes virtuais em algumas cidades.




Quando procurar ajuda psicológica?



Se você tem lidado com ataques de haters e percebe sentimento constante de medo, tristeza, ansiedade, angústia, raiva ou desânimo, é hora de buscar ajuda psicológica. 

Procure conversar com pessoas do seu convívio pessoal e não hesite em pedir ajuda. É muito importante seguir um tratamento nesses casos para retomar a sua saúde o mais rápido possível. 



O que fazer se encontrar um hater na Privacy?

Se você já é um criador na Privacy e está sofrendo ataques de haters dentro da plataforma, não pense duas vezes e denuncie o perfil. É só entrar em contato com a nossa equipe de atendimento e fazer a sua denúncia, informando o nome do usuário responsável pelos ataques, que será banido assim que confirmarmos os acontecimentos.

Por fim, saiba que os perfis que tendem a receber mais ataques de haters são aqueles que estão crescendo e fazendo mais sucesso. Embora a situação seja bastante desagradável, tome isso como um sinal de que você está no caminho certo para atingir seus objetivos.

E você sabia que o ataque dos haters tem incentivado cada vez mais criadores a procurar por plataformas mais exclusivas? Nós falamos sobre isso em outro artigo aqui no blog!