Faça escolhas conscientes: a decisão de ser um criador de conteúdo 

Aprenda a fazer escolhas mais conscientes na sua rotina como criador de conteúdo 

Olá, queridos criadores de conteúdo da Privacy! 

Espero que estejam todos bem! 

Eu sou a Psicolobia, psicóloga da Privacy, e hoje estou aqui para ter uma conversa íntima com vocês. Antes de começarmos quero ressaltar que sou imensamente grata por essa conexão que estabelecemos através desta escrita. 

Como dizia Sartre: “Viver é isso: manter-se equilibrado o tempo todo entre escolhas e consequências.” E se fazemos escolhas, é porque somos livres. 

Você faz escolhas  

Sua profissão, o lugar onde vive, as pessoas com quem se relaciona – tudo isso são exemplos de escolhas que você fez em algum momento da vida. Mesmo que muitas coisas pareçam acontecer naturalmente, foi necessário que você as aceitasse para que se tornassem realidade e permanecessem em sua história até hoje. 

Ao nos percebermos como os únicos responsáveis por fazer escolhas em nossas vidas, podemos nos sentir desorientados. Mesmo que outras pessoas nos auxiliem na tomada de decisões, seja por meio de conselhos ou ao indicarem o que consideram melhor a ser feito, a escolha final será sempre nossa. É um constante confronto com nossa própria existência. E lembre-se sempre de que as escolhas que fazemos hoje impactam nosso amanhã. 

Uma escolha é uma responsabilidade  

O interessante é que podemos, além de assumir a responsabilidade por nossas escolhas, também aprender e fazer escolhas novas e melhores. Pois, se estamos constantemente escolhendo, podemos sempre refazer nossas escolhas e buscar novos caminhos e perspectivas para a vida. 

Se soubermos o que queremos, se nos permitirmos aprender com nossos próprios erros, se nos desenvolvermos para sempre ponderar os prós e contras de cada alternativa, desapegando da dependência do resultado e focando no processo e na aprendizagem que teremos, poderemos viver de maneira mais leve. 

Razão vs Emoção 

Outro ponto que não posso deixar de abordar é o equilíbrio entre Razão e Emoção. Questione-se sobre suas escolhas e sempre tente equilibrar esses dois aspectos. Nossas escolhas assertivas dependem apenas de como iremos reagir aos fatos que ocorrem a todo momento. Mesmo que alguém lhe aponte um caminho, faça a escolha que lhe trará bem-estar, pois a decisão final é sempre nossa. 

Conclusão 

Por fim, não existe escolha certa ou errada. Cada um tem sua própria história e pode escrevê-la da maneira que preferir. Porém, no contexto da criação de conteúdo, escolha opções que impulsionem seu crescimento, evite a procrastinação e não tenha medo de voltar atrás, pois não há problema em recalibrar rotas. Somos aprendizes constantes da vida, e a maturidade e experiência vêm com a vivência. Sua felicidade está em jogo, e é por ela que sempre vale a pena recomeçar. 

Mantenham o foco nisso, não se preocupem com os comentários alheios, pois apenas vocês sabem o que se passa em suas mentes e corações. 

Espero ter ajudado a compreender o poder das escolhas e que vocês sempre possam se inspirar em boas decisões. 

Com carinho, 

Beatriz. 

Tags

Últimos Posts