Refletindo sobre nossa percepção:  qual leitura você faz de si mesmo? 

Descubra a importância do autoconhecimento e livre-se das distorções produzidas pela sua percepção pessoal 

Olá, queridos criadores de conteúdo da Privacy! 

Espero que todos estejam bem. 

Eu sou Psicolobia, psicóloga da Privacy, e é um prazer estar conectado a você novamente para abordar o desenvolvimento pessoal e profissional. 

Insegurança e dependência  

Deixe-me perguntar uma coisa: você já parou para refletir sobre as distorções que muitas vezes nos invadem? Não adianta dizer “isso não acontece comigo, Bia”, porque na verdade é algo natural e comum a todos. No entanto, devemos estar atentos para não nos deixar levar por essas distorções, pois podemos acabar nos tornando inseguros e dependentes dos conselhos e intervenções alheias. 

Por isso, proponho um exercício simples: construa um minifilme sobre sua própria percepção de si mesmo. Reflita sobre suas qualidades e defeitos, as lentes pelas quais se enxerga e os personagens principais de sua história. Pense em como pode utilizar suas competências e habilidades para desenvolver pontos fortes e áreas de melhoria. 

Protagonista ou coadjuvante? 

Se sua vida seria um filme, qual seria o tema? Quais seriam os personagens principais? Você não seria um protagonista ou coadjuvante? O enredo de sua história giraria em torno de qual período de sua vida? Quais ferramentas seriam necessárias para dar vida a esse filme? Se colocarmos todos esses elementos em prática, eles se encaixariam e combinariam com início, meio e fim? 

Por que estou propondo isso? Para que você visualize sua vida de forma narrativa, livre de preconceitos e amarras, e assim possa se desvencilhar da distração que tem de si mesmo. 

Ter percepção de si é fundamental para evoluirmos em nosso psiquismo e na forma racional de nos conectarmos com a vida. Sua profissão depende exclusivamente de você, de seu esforço, sonhos, competências e habilidades. Muitas vezes, por falta desse autoconhecimento, ficamos perdidos, inseguros, dependentes dos conselhos e intervenções de outras pessoas. 

Conclusão 

Dessa forma, podemos concluir que o autoconhecimento é uma forma de independência, que nos ajuda a descobrir pontos fortes e áreas de melhoria. Lembre-se sempre de sua singularidade e da importância de viver e persistir em seus sonhos. Sua profissão depende exclusivamente de você, então empenhe-se para alcançar seus objetivos. Se perceber que as distorções sobre sua vida ou profissão estão atrapalhando seu desenvolvimento, procure ajuda de um profissional. 

Espero que tenha apreciado a reflexão de hoje! Pensem sobre si mesmos, vivam intensamente, persistam e lembrem-se sempre de sua singularidade. 

Com carinho, 

Beatriz. 

Tags

Últimos Posts