Raul Dejavite usa Privacy para atingir o sonho de ter o próprio restaurante

Raul Dejavite usa Privacy para atingir o sonho de ter o próprio restaurante

Apaixonado por gastronomia, o criador de conteúdo viu na plataforma uma alternativa para abrir seu próprio negócio

Raul Dejavite, de Andradina, no interior de São Paulo, certamente é um jovem focado no que deseja. Com 24 anos, ele não chegou a concluir a sua graduação na faculdade de nutrição, mas isso não foi um impeditivo para fazê-lo desistir do sonho de ter o próprio restaurante.

“Cheguei a fazer três anos de nutrição, porém, como fiz muitas transferências, acabava perdendo grade, e com isso uma faculdade de quatro anos, que seria o tempo de formação total, se tornou de seis. Isso se juntou com a pandemia e acabei decidindo trancar”, explicou.

Para se manter financeiramente, Raul trabalhava de cuidador de canil e recebia pensão do pai. Porém, ele quis buscar outros meios para se tornar independente, então começou a trilhar o caminho de criador de conteúdo.

Já com experiência com ensaios sensuais, Raul ingressou em sua carreira de influenciador até um dia conhecer a Privacy. Ele afirmou ter escolhido a plataforma pela facilidade de abrir uma conta e começar a fazer as vendas: “Assinatura por Pix, controle de quem paga, vencimento da assinatura… Não tive que me preocupar com mais nada disso, porque antes tudo me tirava um bom tempo do meu dia”.

Graças ao faturamento na Privacy, Raul conseguiu se mudar para São Paulo, investir em conhecimento e em outros negócios e alcançou sua maior reserva de caixa. Além disso, hoje trabalha em um restaurante.

“Consegui trabalhar mais em casa e ter um tempo livre muito maior, controle total do meu horário. Consegui focar em algo que sempre me gerou paixão, que é a gastronomia. Ela me possibilitou conhecer muita gente, além das muitas experiências que pude ter”, disse o influenciador.

Por fim, Raul explicou o motivo de ser tão fanático pela gastronomia. “Quando comecei a inventar pratos e fazer algumas comidas um tanto quanto diferentes, reparei que tem várias formas de fazer diversos pratos com os mesmos ingredientes. Isso me despertou a curiosidade de aprender mais, me libertou para usar minha criatividade. Quando estou cozinhando me sinto livre e completo por estar fazendo a pessoa ter um momento afetivo com aquele prato”, disse.

Tags

Últimos Posts